Psicologia esportiva: por que ela é fundamental?

Compreenda como a psicologia esportiva vai muito além do esporte de alto rendimento, sendo capaz de ajudar indivíduos a superar bloqueios, inseguranças e traumas decorridos de lesões e/ou acidentes durante a prática desportiva

Equipe Atletize.me · 15 de August de 2019

Embora seja uma especialidade consideravelmente nova, a Psicologia Esportiva já tem seu lugar cativo nas equipes multidisciplinares mundo afora.

É impensável, nos dias de hoje, imaginar um time ou uma seleção, mesmo de países com pouca estrutura e capacidade de investimento, que não conte com a atuação de um psicólogo esportivo.

A atuação desse profissional, no entanto, vai muito além do enfoque em alto rendimento, e uma vez estendida à comunidade de maneira geral, passa a colaborar e muito na promoção da saúde e do bem estar de quaisquer indivíduos que tenham interesse na prática esportiva, seja ela profissional ou recreativa.

Mas, afinal, o que é psicologia esportiva?

Por definição, é a ciência que estuda o papel e a influência das emoções, da percepção e do comportamento do indivíduo sobre o seu desempenho durante a prática desportiva.

É com base nesse estudo, que o profissional elabora planos e estratégias que propiciem o pleno desenvolvimento do potencial do indivíduo.

Psicologia esportiva: muito além do esporte de alto rendimento

Uma série de equívocos costuma envolver a área da Psicologia, de modo geral. Um desses equívocos é a associação do termo “psicologia esportiva” à atuação e atendimento de atletas de alto desempenho.

Na verdade, a psicologia esportiva vai muito além da motivação do atleta que está trabalhando para bater algum recorde mundial, ou que precisa, a qualquer custo, alcançar o índice necessário para as próximas olimpíadas.

A atuação do psicólogo esportivo também envolve auxiliar o indivíduo que quer começar a praticar algum esporte, mas não se sente pronto, visa entender bloqueios, inseguranças, desenvolver aceitação, autoconhecimento e, a partir dessas etapas, desenvolver um plano de ação que promova uma verdadeira reprogramação mental capaz de vencer crenças limitantes e até mesmo limitações físicas.

Para além da motivação, a psicologia do esporte também trabalha o espírito de liderança, temperamento e personalidade, agressividade, violência, não apenas com enfoque no indivíduo, mas também a importância e a influência deste no meio em que vive e onde atua, seja no time ao qual pertence, seja em meio aos colegas de modalidade e profissionais de apoio.

O psicólogo esportivo atuará em diversas frentes:

  • no diagnóstico de questões limitantes, conflitos internos e externos, relacionamento com a equipe, e identificação dos potenciais do atleta;

  • no aconselhamento de atletas e equipes, tanto individualmente, quanto nas questões que envolvam as relações entre membros da comissão técnica e o atleta e, a depender da modalidade, da equipe como um todo;

  • na consultoria, que revisa métodos, estratégias e planos já traçados, objetivando otimizar treinamentos e performance;

  • como analista, o psicólogo esportivo avalia abordagens e condições de treinamentos, realizando uma intervenção conciliatória entre comissão técnica e atletas, quando esta for necessária;

  • atuando na otimização de performances, o psicólogo esportivo deixa um pouco de lado o enfoque no atleta, para avaliar a competição em si, o evento esportivo, para então elaborar planos e estratégias que propiciem melhores performances e resultados.

Profissionais capacitados para atuarem no campo da psicologia esportiva

De acordo com levantamento bibliográfico, não há uma disposição formal quanto a isso, estando, portanto, capacitados para atuar, tanto o profissional formado em psicologia, quanto aquele formado em educação física.

Embora até o momento não exista nenhum impedimento legal para tal, existem no mercado psicólogos esportivos cuja formação acadêmica nenhuma ligação possui com a área da saúde.

É recomendável e imprescindível, então, que o atleta (de elite ou não), ao buscar os serviços de um psicólogo esportivo, seja criterioso afim de contratar profissionais que detenham os conhecimentos necessários para o desempenho da função.

Como um psicólogo esportivo pode me ajudar?

São muitos os fatores limitantes que podem atrapalhar a prática esportiva, entre eles estão o estresse, a falta de concentração, falta de habilidade no controle da raiva, ansiedade, medo, entre tantos outros.

É muito comum, por exemplo, o atleta, seja de elite ou amador, perder a confiança em si e no seu corpo, após uma lesão ou trauma. Quanto maiores forem a gravidade da lesão e tempo de afastamento, maior tende também a ser o medo, que em alguns casos chega a ser paralisante.

Quantas carreiras extremamente bem-sucedidas se encerraram exatamente dessa forma, não é mesmo?

Superar esse bloqueio e todo o universo de emoções que ele evoca é um desafio quase intransponível sem a atuação de um psicólogo esportivo.

Esse profissional é, portanto, imprescindível em uma equipe multidisciplinar, já que atuará de maneira ampla e combinada com os demais membros, como o médico e o fisioterapeuta, afim de não apenas promover o aumento do rendimento e melhor performance, como também o bem estar do indivíduo, e principalmente, o desenvolvimento do seu potencial em médio e longo prazos.

E a atuação do psicólogo esportivo é fundamental não apenas para o atleta profissional. Um atleta amador, ou mesmo o indivíduo que busca melhor qualidade de vida, mas não sabe por onde começar e qual atividade escolher, pode lançar mão desse recurso para identificar onde está o seu potencial e qual a atividade ou modalidade mais adequada para o seu perfil.

Há também os casos de pessoas que, por indicação médica, necessitam do exercício como parte do tratamento de alguma enfermidade, mas não acreditam serem capaz de tal prática. Encorajamento, motivação, uma mudança de perspectiva, nem sempre bastam, e o somente o psicólogo esportivo conseguirá diagnosticar e tratar devidamente a situação.

Outro campo de atuação onde a psicologia esportiva é extremamente importante é o esporte escolar, onde há a oportunidade, de forma lúdica, desenvolver habilidades e a formação do caráter da criança. É a chamada “iniciação esportiva”.

Nesse contexto, o psicólogo esportivo trabalhará principalmente na formação da autoestima, da autoconfiança, e atuará como mediador das relações e interações sociais, visando, portanto, não apenas o esporte em si, mas principalmente o fator educacional e a promoção da saúde e do bem estar individual e coletivos.

No âmbito da iniciação esportiva, a proposta passa a ser ainda mais impactante quando se pensa em projetos sociais, potencializando o já enorme poder transformador inerente ao esporte.

São muitos, portanto, os benefícios possíveis, quando o psicólogo esportivo é inserido no trabalho, seja de uma equipe multiprofissional, no desenvolvimento pedagógico escolar ou no trabalho de reabilitação e promoção da saúde, e o retorno do investimento, além de garantido, em alguns casos chega ser imensurável.

Com indivíduos mais saudáveis e funcionais, ganha não apenas a comunidade esportiva, mas toda a sociedade.

Equipe Atletize.me

Equipe Atletize.me

A equipe Atletize.me é composta por treinadores com mestrado em Educação Física e atletas amadores formados em Ciência da Computação. Vivenciamos dia-a-dia o mundo dos esportes de resistência e o mundo da Tecnologia da Informação, a combinação perfeita para entregar uma plataforma que atenda as necessidades dos nossos usuários.

Image credit: Designed by Freepik
Logo

A Atletize.me é uma plataforma que aproxima praticantes de várias modalidades a profissionais que oferecem serviços especializados em esportes, seja para orientação ao treinamento, cuidados com o corpo do atleta ou apoio e suporte.

Links Úteis

Nossos contatos

Campinas, SP
Brasil

(+55) 19 98216-1541
(+55) 19 99250-6294