Bike Fit: A importância do ajuste personalizado

Entenda o que é o Bike Fit e como ele pode lhe ajudar a evitar lesões e ainda a obter uma melhora na performance

Equipe Atletize.me · 25 de July de 2019

A maioria das pessoas, quando pensa em dar as primeiras pedaladas, nem imagina o quanto é importante a escolha da bike. No impulso, muitas vezes, ainda apenas estética e leveza são levados em conta, bastando algumas dicas do vendedor, e voilá: bike na garagem.

No entanto, já nas primeiras pedaladas, alguns desconfortos começam a aparecer, e pra garagem a bike acaba voltando, pra não mais sair.

No entanto, mesmo que você não seja tão inexperiente, esteja por dentro de toda tecnologia disponível atualmente, e saiba escolher as melhores peças, uma ajuda profissional pode ser requerida, até mesmo para aprimorar a sua performance.

Sim, mesmo ciclistas profissionais necessitam de um bom bike fitter.

E essa ajuda profissional pode (e deve) ser considerada fundamental não apenas no momento da escolha da bike. Como, com o passar do tempo, a estrutura corporal do ciclista muda (aporte físico, lesões e peso, por exemplo), a regulagem precisa ser realizada com uma certa frequência.

Daí a importância do acompanhamento personalizado, feito por um profissional especializado.

O que é bike fit?

De uma maneira bem simples, bike fit é um processo de adequação da bike ao ciclista.

O bike fitter, que combina conhecimentos em educação física e em ciclismo, faz uma série de análises, traça o perfil do ciclista, checa condicionamento físico e flexibilidade, por exemplo, e realiza os ajustes ergonômicos necessários para uma perfeita harmonia entre ciclista e bike.

Esses ajustes não necessariamente envolvem trocas ou inclusão de peças de alto custo. O bike fitter fará medições do quadro e a devida antropometria, a fim de cruzar essas informações para corrigir altura e inclinação do selim, do guidão e até das sapatilhas usadas pelo ciclista, por exemplo, muitas vezes bastando tais ajustes para uma melhora significativa na relação entre ciclista e bike, e o seu rendimento.

Além dos ajustes na bike, o profissional também avaliará postura, estilo da pedalada e como são executados os movimentos, para então fazer as devidas orientações e correções a fim de evitar lesões e aprimorar o desempenho do ciclista.

Existem dois tipos de bike fit:

Bike Fit Estático

Nesse processo, os ajustes se baseiam tão somente no cruzamento de medidas do corpo do ciclista e as medidas da bike.

Bike Fit Dinâmico

Pode ser resumido como mais completo e complexo. O bike fitter não apenas faz as devidas medições e análises estáticas, como também verifica bike e ciclista em ação.

Usando recursos como simuladores, sensores de movimento, programas informatizados, vídeos, entre outros - recursos estes que oferecem ao profissional uma visão ampla e completa das necessidades do ciclista - o bike fitter pode então, fazer o trabalho de regulagem.

E para que serve o bike fit?

Pra entender melhor a importância do bike fit, basta puxar pela memória aquela dor no pescoço, ou na coluna, que tanto incomodou e atrapalhou o seu rendimento no trabalho, naquele dia em que sumiram com a sua cadeira preferida.

Ou quando você entra no carro, e só pelos ajustes no banco, você já de cara percebe que outra pessoa esteve ao volante.

Com a bike, é a mesma coisa. Se ela não estiver perfeitamente ajustada à sua altura, peso, tamanho do tronco e membros e até a distância entre uma parte e outra do corpo, poucas pedaladas já serão suficientes para o surgimento de dores e risco aumentado de lesões.

Pra quem participa de competições, então, o bike fit é peça chave para uma performance que explore ao máximo seu potencial e o potencial da sua bike.

A ideia é que ciclista e bike sejam uma unidade, com biomecânica e aerodinâmica funcionando a favor, conjunto que fará total diferença no desempenho da dupla, e nos resultados obtidos também.

Bike Fit: por que fazer?

  • Prevenção de lesões

    Pode não parecer, mas a falta de harmonia entre bike e corpo gera estragos, e muito antes do que se imagina.

    Afinal, forçar e estimular de forma errada ou ainda sobrecarregar tendões, articulações e músculos, pode levar não apenas a dores insuportáveis no final do percurso, como a traumas sérios que podem significar procedimentos e tratamentos dolorosos, e até mesmo meses de afastamento.

    Então, antes de mais nada, bike fit é um cuidado com a sua saúde.

  • Melhor performance

    Mesmo que você tenha já algum (ou muito) conhecimento e tenha uma boa bike, que te permita longos percursos sem lesões ou dores, ainda há a possibilidade de que você não esteja aproveitando todo o potencial da bike que você tem em suas mãos.

    O bike fitter, nesse caso, pode propor algumas trocas que podem sacrificar levemente o conforto, mas que irão aumentar e muito o rendimento da dupla ciclista-bike.

  • Mais conforto

    Seja qual for o objetivo, para curtir passeios ao ar livre no final de semana, ou para disputar competições em altíssimo nível, o conforto importa, certo?

    Pedalar sentindo dores e incômodos pode não apenas atrapalhar seu passeio ou atrapalhar a sua concentração na competição, mas também provocar um desgaste tão grande a ponto de interromper o passeio ou participação precocemente.

  • Percursos maiores

    Quanto mais otimizada e confortável estiver a pedalada, mais longe você vai conseguir ir. E isso não somente no sentido figurado.

  • Nada de dores

    É claro que a própria prática esportiva gera dores, até mesmo em atletas de elite, e são fisiológicas.

    Mas aquelas dores que são ocasionadas por desgaste excessivo de tendões, articulações e musculatura, ou por um movimento e postura inadequados, essas não somente são prejudiciais - são também evitáveis.

    Essas dores evitáveis são sinais de que algo não está indo bem, e que continuar pode representar um grande risco para o seu corpo.

    Ignorar esses sinais leva, muitas vezes, a lesões sérias que podem, não apenas encurtar a sua prática esportiva, como também gerar um grande impacto negativo no seu bem estar geral, na sua vida social e, por fim, na sua produtividade.

Para garantir, então, que você vai pedalar com segurança, não basta apenas investir em equipamentos de segurança e em bikes de tecnologia de ponta. Procurar um profissional qualificado para o seu bike fit é mais do que um cuidado, é garantia de saúde e de bem estar. E, claro, de performances cada vez melhores.

Nesse sentido, cabe um importante alerta sobre a escolha do seu bike fitter: busque sempre profissionais capacitados, preferencialmente com formação em Educação Física, Fisioterapia ou Medicina Esportiva, e que sejam especialistas em ciclismo.

Com todo esse preparo e cuidado, suas pedaladas - e a sua saúde - estão garantidas!

Equipe Atletize.me

Equipe Atletize.me

A equipe Atletize.me é composta por treinadores com mestrado em Educação Física e atletas amadores formados em Ciência da Computação. Vivenciamos dia-a-dia o mundo dos esportes de resistência e o mundo da Tecnologia da Informação, a combinação perfeita para entregar uma plataforma que atenda as necessidades dos nossos usuários.

Image credit: Designed by Freepik
Logo

A Atletize.me é uma plataforma que aproxima praticantes de várias modalidades a profissionais que oferecem serviços especializados em esportes, seja para orientação ao treinamento, cuidados com o corpo do atleta ou apoio e suporte.

Links Úteis

Nossos contatos

Campinas, SP
Brasil

(+55) 19 98216-1541
(+55) 19 99250-6294